sexta-feira, 11 de setembro de 2009

CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE

Na semana em que o TSE sentenciou definitivamente a cassação do diploma do governador Marcelo Miranda, juntamente com o seu vice Paulo Sidnei, o Tocantins aderiu a uma “nova política”?

Conheça bem os personagens:

No lugar de Marcelo Miranda foi nomeado como governador interino, o atual presidente da Assembléia Legislativa, Carlos Henrique Gaguim. Assim como os outros políticos, Gaguim ingressou na vida pública em 1986, ainda em Goiás. Não conseguindo alcançar os votos necessários para a vaga no parlamento estadual de lá, mudou-se pra cá em 1988, onde reside até hoje. (mais detalhes aqui) O mesmo ainda é Filiado pelo (PMDB) também partido de Marcelo Miranda.

A cassação de Miranda foi pedido pelo então ex governador José Wilson Siqueira Campos, o qual foi governador por três vezes e foi um grande defensor da criação do Estado em 1988. Ele alega ilegalidade nas eleições passada, onde ele e Marcelo concorriam ao governo. Segundo as acusações, houve “boca de urna”. Marcelo Miranda utilizou-se do programa assistencialista, "O Governo Mais Perto De Você", com intuito de“comprar”votos e por isso ele ganhara as eleições em 2006. Os documentos apresentados por Siqueira no TSE denunciaram o abuso de poder público e uma lavagem de dinheiro em quantias exorbitantes.

obs: O (Governo Mais Perto De Você) é um programa assistencialista voltado para as classes de baixa renda e tem como objetivo a mesma política de programas como bolsa família do governo Federal. Porém o (GMPDV) tem outras peculiaridades como distribuição de óculos, carteira de motorista, e outras regalias.

Sendo Assim, é Perceptível uma política partidária, são os pmdbistas vs a União do Tocantins, luta de titãs, infere-se poder. Há ainda resquício das oligarquias, grandes famílias com o poder político e econômico. Porém Carlos Henrique Gaguim parece que veio romper esse laço dos Mirandas e Siqueiras. Fica uma pergunta, quem é Gaguim, e como ele veio parar aqui? A resposta pode ser o processo de cassação, ou pode ser também pela sorte, estar no lugar certo e na hora certa, porque não? Não sabemos ainda como será o plano de governo adotado por ele, pois assumiu há poucos dias. Porém, a nossa preocupação é se vai ser a continuação do outro, ou vai realmente “Acelerar o Tocantins”. Mas não devemos temer tocantinenses, afinal é interino, até que se estabeleça o novo governador pelas eleições indiretas. Enquanto isso vamos viver pra ver, até porque é visível um grande apreço por ele, porque é bom? Não sei, e nem você, afinal é cedo pra responder ainda.

Segue os próximos capítulos...