quarta-feira, 20 de outubro de 2010

BIENVENIDO AO RIO OF JANEIRO

Esse mês estive no Rio de Janeiro, conto aqui minhas impressões sobre essa cidade onde a brasilidade e o seu ritmo convidam a todos a conhecer os brasis.

Talvez se não fosse o mar, o Rio de Janeiro não seria tão lindo... (Talvez), porque ele está lá (Omar) fazendo o contorno da cidade que de maravilhosa não tem apenas o nome. Em volta de toda a cidade, os morros e o mar, convidando quem quiser assistir uma vista de tirar o fôlego. O Rio é um cenário dicotômico que se mistura a todo o momento, do luxo ao lixo aproximando daquilo que definiram de Brasil.

Estar no Rio de Janeiro é o mesmo que sentir-se em uma aldeia global que toca samba. Pessoas de vários lugares do mundo visitam a cidade em busca de suas belezas naturais e culturais que muitos cantores, compositores e poetas frisaram em suas obras. O cenário urbano carioca se confunde a todo o momento, e por possuir praias belíssimas, as pessoas andam com traje de roupa de banho pelas ruas de segunda a segunda, o que da impressão de que lá é verão o ano todo.

Apesar do clima tropical, esse mês que estive lá, o tempo estava fechado e as chuvas não deram trégua, o sol apareceu poucas vezes. Mesmo assim os dias ensolarados fez com quem as praias estivessem lotadas. O final de tarde no calçadão de Copacabana e Ipanema é outra atração à parte, a sensação é de está ouvindo Vinicius e Jobim cantar e você protagonista da novela das oito.

A arquitetura do lugar nos remete a história do Brasil, os cortiços e casarões antigos juntamente com prédios modernos. O Rio é assim, um encontro do velho e do novo como nos contos de Machado de Assis. O Bairro da Lapa, um verdadeiro grito à cultura e contracultura brasileira, um convite para vivenciar a boemia de uma sexta-feira carioca. Fora outras manifestações culturais e artísticas que eu não tive oportunidade de conhecer pelo pouco tempo de estadia.

As favelas aparecem junto com o resto, é só olhar para cima dos morros que encontrará um monte de casas, uma em cima da outra. Mas a noite o Rio é todo glamour, até as luzes das favelas formam uma espécie de “árvore de natal” olhando de longe. E acredite, é lindo de se ver.

Agora eu sei quando fala que o Rio de Janeiro é a cidade maravilhosa, cheia de encantos mil, o berço do samba e das lindas canções que vivem n'alma da gente. É a coisa mais linda que eu já vi passar...